Mulheres lutando por mulheres: coisa mais linda desse mundo

Olá meninas, tudo bom?

Estava lendo umas postagens em uns grupos no facebok, e meninas… como somos capazes de ser cruéis umas com as outras… Pra quê isso?

Confesso que eu nunca vi as coisas tão claras dessa forma, sabe? Antes, achava super normal falar: “Olha a roupa daquela mulher, parece piriga”, ou então achar que fulana de tal era uma miserável por “dar mole” pra um namoradinho…  Até que tcharan, conheci mulheres maravilhosas no facebook que conheciam a tal da sororidade… “Mas, cuma? Que que é essa tal de sororidade, minha gente?” Vamo ler pra entender” e tcharan, passei a ver quão superficial era todo esse tipo de pensamento… E esses foram apenas dois exemplos básicos, ok meninas? A coisa toda vai muito além disso. Agora, vamos logo pra parte da explicação do que é sororidade:

“O feminismo promove a Sororidade. Sororidade vem do latim, sororis irmã e idad, relativa a qualidade. Se o pacto entre os homens é conhecido como fraternidade e reconhece parceiros e sujeitos políticos excluindo as mulheres, a Sororidade é o pacto entre as mulheres que são reconhecidas irmãs, sendo uma dimensão ética, política e prática do feminismo contemporâneo.” Via – O machismo nosso de cada dia

Basicamente, é nossa união para combater o machismo, respeitando sempre nossas irmãs, que são todas as outras mulheres. Nada mais justo, não é mesmo? Já que sofremos horrores devido ao machismo. E se você acha que não tem nada a ver com você, amiga eu te afirmo: TEM SIM SENHORA. Não estamos falando da minha opinião, ou sobre um achismo bobo baseado em nada… Estamos falando de fatos, e se tem dúvidas, basta dar uma pesquisada rápida ai pelo seu amigo google (até linkei pra ficar mais fácil, galerinha s2). E posso citar exemplos do cotidiano, ok?

“Lugar de mulher é na cozinha”, e aquela mania de festa de família “Não vai colocar comida pro seu marido não?”, mas oi?? COMO ASSIM? Fulaninho não tem pernas e braços não? Por quê tenho que mimá-los? Eles possuem mãos, pernas, e braços como qualquer uma de nós… Aliás, acho que muitas de nós, mulheres, estamos no mercado de trabalho, então dizer coisas: ah, mas ele trabalhou o dia inteiro, tá cansado… Não tá colando não, viu miga? Então pare! Não digo que você não deva fazer nada pra ninguém, não vamos distorcer… Mas, quando fazemos, fazemos por vontade própria, não por ser um dever meu como mulher… Desculpe, mas temos que mudar isso ai, hein?!

E essa mania de que a outra é isso ou aquilo, também não é nada legal… Essas fofocas… Essas competições sem fundamento algum. A mania da inveja, vulgo “RECALQUE”… Gente, me desculpem, mas dá muita preguiça. É difícil construir essa sororidade? Claro que é… Mas, não é impossível. E se a gente passar a ver outra como irmã, de verdade? Roupa não diz nada a respeito do caráter de ninguém, são só mulheres que não tem vergonha de mostrarem o que possuem. A gente perde tanto falando mal, e eu tô nessa luta pra mudar isso. Quer me dar a mão? Que tal lutarmos juntas por toda essa sororidade que é linda de se ver… Não tem vadia, vagabunda, nem nada disso gente. Se o cara te trair, pelo amor de Deus, enxergue que quem não presta é ele… Afinal, você tem um relacionamento com quem, afinal? Quem lhe deve respeito? Isso ai, seu namorado/noivo, não é a outra não, amiguinha. Então, vamo parar de ver dessa forma pelo amor de Deus? Vamo? Então, vamos! Aliás, o cara já tá te traindo só de dar em cima de outra, ok? E imagina como seria bonito se todas nós lutássemos contra esses “homens” que veem mulheres como objetos, apenas… e então: “Amigo, na boa, vai pra merda, vai?” E simplesmente passasse a não se submeter a ser a outra na vida de ninguém, afinal: temos que respeitar a nossa irmã e saber reconhecer que nosso lugar não é sendo tratada como a “vagabunda” pelo cara, que só quer outra pra massagear o próprio ego, afinal ter duas/três/quatro ou mais, aos pés, não é pra qualquer um não né? ¬¬ Ia cortar o mal pela raiz logo pra acabar com a palhaçada!!!

Então, vamos espalhar essa linda da sororidade por aí?

Vamos passar a não falar umas das outras, negativamente?

Coloquei em prática e posso garantir: não dói e é totalmente free.

Somos todas muito mais do que toda essa superficialidade que adquirimos ao longo da vida. Vamo parar de perder tempo falando “dazinimiga”?

Então estamos combinadas, gatonas! Batam aqui o/

Agora só love, só love entre a gente, hein?!

Quando pensar em falar palavras que desrespeitem umas às outras, respirem fundo!!! Nem todas pensam igual a você e é essa a parte mais difícil da sororidade… Defender o que você pensa de forma respeitosa, mesmo que a outra irmã seja totalmente grossa com você. Ela não conhece a beleza toda da sororidade, apenas isso.

Beijos meninas e amanhã começa a semana.

Que seja de muita calmaria, leveza e sororidade!!!!!!!!!!!!!…

sorority

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s